sexta-feira, 14 de março de 2008

Sou Cristão; Não sou Careta!

Muitos confundem as coisas quando se tornam cristãos; sem acompanhamento e amizades sinceras, acaba ficando difícil, eu até entendo. Mas cada um anda na luz que tem. Muitos tem uma visão radical do que é ser “Cristão”. Realmente temos que ser radicais e referenciais, mas não fazendo acepção de pessoas e nem as julgando pelos seus erros Afinal está escrito: “Antes de tirar o cisco do olho do seu irmão, tire a trave que está dentro do seu”. Não ligue pra roupas, jeito, Atitude, Ligue para o alvo! Desviar o foco por coisas pequenas é se manter longe de Deus, achando que está perto. “Não os julguei pela aparência, pois eu o rejeitei, Eu não vejo como o homem, o homem vê as vestes e eu vejo o coração”. Disse o Senhor (I Samuel 16:7). Ser careta é viver na hipocrisia, pois muitas vezes, mostramos ser o que não somos, e nos escondemos atrás de máscaras! Entenda: Você não precisa mudar seu jeito por causa das pessoas. A Mudança, Deus Faz a hora que ele quiser, quando Ele bem entender! Se ele te incomodar, você vai e faz. Fazer pra agradar não funciona! Se liga: Deus Ama você do jeito que você é! Siga e não desista!Não conhece a Jesus? Ele morreu por você. Por amor a você Deus deu seu único filho pra morrer numa cruz. Abraço! Obrigado Junior e Andréia pelos selos! E a todos pelos comentários! Prometo visitar os blogs. E atualizar minha lista ao lado; Para os que ainda não estão nela! Bom final de semana!

4 comentários:

Celia Rodrigues disse...

É isso aí. Quantas vezes pessoas são obrigadas (por subjugo ou ignorância) a adotar certo estilo de vida que não é o seu para agradar a outros. Devemos ser autênticos e nos preocupar apenas com Aquele que merece nossa obediência.

Celia Rodrigues disse...

É isso aí. Quantas vezes pessoas são obrigadas (por subjugo ou ignorância) a adotar certo estilo de vida que não é o seu para agradar a outros. Devemos ser autênticos e nos preocupar apenas com Aquele que merece nossa obediência.

Abigail disse...

Belo post! Gostei!

Deus lhe abençoe!

Sarah Toledo disse...

Oi, Diogo!

Obrigada pelo comentário no meu blog. Hoje fiquei pensando exatamente nisso. Tb creio no que vc disse, que a vida daquele homem poderia (e poderá) mudar se ele conhecer a Deus. Mas às vezes o pensamento de que "a vida é cruel" é muito mais forte. Assim como a falta de atitude. Enfim... Foi um mal momento que serviu pra algo.

Quanto a esse seu post... É interessante a capacidade de rotulação das pessoas. Ainda bem que esse não é o nosso foco, né? =)

Gostei muito do seu blog. Já tinha visto links por aí, mas ainda não tinha clicado pra dar uma olhadinha (sempre faço as coisas correndo, rs).

Fique na paz! Bjim.