sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Os dias

Eu penso nessa imagem como um momento de reflexão e chego até aqui justamente para falar de tudo, tudo que vem a mente no momento... ...tudo que me faz acreditar no amanhã. Muitas foram as cobranças para que eu postasse algo aqui e atualizasse esse local parado e sem novos textos para edificação e desabafos se for o caso. Eu argumentei que, desde quando foi criado o objetivo é passar o que se vive no decorrer dos dias, o que edifica, o que Deus realmente mostra. Então quando houver o silêncio não preocupe-se e fique tranquilo, Deus está trabalhando por você de alguma forma.
Nos dias atuais com grande acontecimentos, fatos tristes, outrora alegres, muitas coisas me passam pela mente e pelos pensamentos que, são muitos por sinal. Quais são nossas sementes? O que eu tenho plantado? Onde estou? Onde estão minhas armas, de qual forma o amor tem transparecido nos últimos dias...
...são perguntas e mais perguntas que invadem nossos pensamentos ou ao menos o meu em alguns momentos em minha vida.
Vejo da seguinte forma: Deus faz tudo bom e perfeito, nós seres humanos que complicamos tudo, e concordo com isso. Quanto ao Amor é uma decisão é questão de querer amar, querer transbordar isso. O Amor é algo tão belo que, torna-se inexplicável. O que eu tenho a dizer sobre o que está errado, se é que tem algo errado, é que: "Voltar de onde caiu, ou lembrar-se onde errou, se errou" e começar novamente à partir dali, nesse momento de decisão, as coisas com toda certeza se encaminharão de forma simples e como você menos espera. Eu creio no amor, e na forma simples de viver o amor. As vezes ser radical demais em alguns pontos torna o amor para você algo lindo, mas para quem está de fora, algo egoísta e horrível. Então pense no amor, viva o amor, abrace e dê flores.
Antes que os dias acabe e amanhã seja tarde, diga tudo o que pensa e não guarde mágoas ou rancor, deixe o amor superar isso...
...mais amor...

Um comentário:

Tati Rodrigues disse...

Diante de todas as coisas, mais amor... nossas mentes estão ligadas ainda, assim como acredito que os nossos corações tbm rs.
Digo mais, não volte apenas de onde caiu, senão a gente corre o risco de querer e achar que as coisas devem e ficarão da forma como eram, fechando-se para o novo... volte para onde vc encontrou o amor, o maior amor, para o momento em que seu coração teve o primeiro contato com o amor do Pai e se lembre da simplicidade dos primeiros passos... em como aprender era significativo e profundo, mesmo com coisas corriqueiras...

Guerreiros do amor transbordem, toquem as trombetas, levantem-se, liberem palavras outrora esquecidas...

ps: preciso de verdade falar com vc... por onde anda? beijo guerreiro.