domingo, 20 de março de 2011

Alguns anos e o 1º amor...

... 20 de março de 2005 eu conheci algo que preencheu o vazio que eu sentia todas as noites ao recostar minha cabeça no travesseiro.
Quando a alegria que eu sentia era momentânea e meu sorriso era somente naqueles momentos de excessão, ao estar sozinho, lágrimas.
Quando amizade era falta de confiança e, interesse era primordial, e tudo que era feito, era baseado em principios incomuns.
Quando o verdadeiro sabor de viver estava em ilusões criadas por atitudes comuns mas, que por dentro, destruiam verdades e princípios.
Quando tudo era diferente, quando era mais fácil, quando não sabia o que de fato era viver e amar ao próximo...
...desde então, o amor se mostra em atitude, queda, renovo, em força, em fé, em objetivo, em "hoje", "ontem" ja foi e "amanhã" ainda virá... Hoje me sinto apraz! com erros, acertos, vitórias, alegrias, lágrimas, lutas e aprendizados. Hoje vejo de forma diferente cada atitude...
...e vejo que o amor é viver cada dia como se fosse o último e como se fosse o primeiro porque a vida vale mais mesmo, e porque você só pode voar mais alto quando entende que amar, é "dar" sem esperar nada em troca, é querer fazer o bem, fazer feliz, fazer sorrir sem esperar que isso aconteça com você.
A educação dos meus pais fizeram e fazem a diferença mas, somente com meus próprios erros pude aprender até os dias de hoje e, com esses mesmos erros pretendo aprender ainda mais.
Acreditar em Deus e em no amor através Dele me fez uma pessoa melhor sim, me faz uma pessoa melhor. Isso é importante pra mim e para as pessoas que vivem ao meu redor porque, da mesma forma que a primavera não é primavera sem o ostentar de suas flores, o homem não passa de um ser vazio sem o amor e a alegria verdadeira.
Acredite ao menos em você. (@difgomez)
"Você pode ser budista, espírita, católico, evangélico, o que for, se não acreditar em Deus e não propagar o bem, não se chegará a lugar algum..." (@marcelostrike)

5 comentários:

Rosana Steimbach disse...

Olá amigo, que bom receber a sua visista e saber da sua felicidade, lembro-me do nome do seu blog no início que era guerreiro do Senhor, e vejo que é isso que nós somos quando permanecemos fazendo aquilo que sabemos que fomos chamados a fazer, amar a Deus de todo o seu coração e se alegrar com a sua vontade. Bom estar aqui, um grande abraço! Permaneçamos Nele!

Dani disse...

"acredite ao menos em vc.."
valew Di!
valew mesmo!

Luma Rosa disse...

Diogo, também acho que quem acredita em Deus deve colocar em prática esse amor, principalmente olhando para o próximo, afinal, somos todos irmãos fraternos!

deuseamenina disse...

Fé sem obras é morta, né Diogo. Que bom que você pode celebrar a diferença de ter Deus na sua vida e de anunciar o amor de Deus aos que ainda não vivem esse amor. Fique em Deus!

Gabriela disse...

Já estou seguindo seu blog muito bom que Deus continue abençoando. Tenha uma semana muito abençoada
www.blogandodemadrugada.blogspot.com