terça-feira, 30 de outubro de 2012

Hope!

Hope and Love.

E como todas as coisas necessitam de uma motivação, com o amor não é diferente. Nosso pensamento deve estar onde podemos ser motivados a amar o próximo como Deus nos amou, isso significa se necessário, morrer por alguém. Que estágio de amor é esse? Em que o homem chega ao ponto de doar-se a outra pessoa? Quem pode descrever?
Me faz pensar que as coisas estão muito difíceis, problemas surgem, turbulências passam a fazer parte do trajeto, temporais devastam sonhos e pessoas, desmotivam pessoas. Mas, são só pessoas! 
E como lidar com isso? 

"Devemos trazer a memória, aquilo que nos traz esperança." 

Simples assim. O mundo pode contribuir para fazê-lo pensar em desistir dos seus sonhos, seus desejos, seus planos para o hoje (porque somos a geração do 'AGORA'), amanhã é outro dia. E a esperança de que tudo pode acontecer de forma clara. De que podemos viver um amor imenso e sem sujeira, próximos ao nosso Pai, nosso Deus, de amor, misericórdia e graça. A Esperança motiva o amor, o amor constrói pontes de esperança e os dois, podem trazer aos dias atuais, uma fome incrível. Fome de viver novos sonhos, de renovar os antigos, de restaurar tudo aquilo que foi conturbado por um momento em que o amor, e a esperança, se perderam em nossas vidas. Viver o amor. Viver a Esperança. 

Amor e Esperança. Hoje e sempre. Amém! 

Nenhum comentário: