segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O que há?



A questão é que a gente sabe onde é nosso lugar de fato.
Por mais que ventos contrários soprem e nos façam estacionar em algum canto, deixar de pensar no que devemos e queremos fazer, coisas fazem nossos sonhos ficarem invisíveis. É incrível. Hoje é diferente. Mesmo com tanta incredulidade eu acredito num reino constituído de amor de verdade, onde eu possa fazer o que quiser, como quiser e desde que o faça para distribuir o amor que me foi dado sem pedir nada em troca. Um amor de cruz, sofrimento e graça. Onde os homens não fazem diferença entre si, não lutam por coisas materiais e nem buscam status para que os aplausos sejam em seu nome. Eu acredito numa missão.

De dentro para fora.
De corpo e alma.
De amor, de perdão e de restauração.
Eu acredito numa missão simples: O evangelho de Cristo a todos os quatro cantos do mundo. O amor, a verdade e a transformação.


Nenhum comentário: